Investimento imobiliário: como saber o momento ideal?

O investimento imobiliário é uma modalidade de aplicação que tem atraído cada vez mais pessoas; dos leigos aos mais entendidos. É uma garantia de retorno financeiro quase certo, além de ser a oportunidade de realizar o sonho da casa própria, do segundo imóvel ou até aliar um bom investimento e ter uma propriedade para veraneio.

Entretanto, ainda que seja um investimento seguro, alguns aspectos devem ser observados para avaliar o momento do comprador e também da economia nacional.

Se você pensa em investir em uma propriedade para ter retorno financeiro, para aumentar seu patrimônio ou para sair do aluguel, esse post é para você. Embora essa seja uma decisão bastante pessoal, alguns aspectos devem ser analisados em todos os casos. Vamos ajudá-lo a refletir sobre qual o melhor momento para colocar a mão no bolso e realizar mais essa conquista. Quer saber mais? Confira!

Avalie seu momento profissional

Antes de sair procurando por um imóvel, você deve pensar no momento em que está sua carreira e como está sua estabilidade no trabalho.

Se o momento é estável e sem muitos riscos, essa pode ser uma boa hora para você começar a investir em imóveis.

Lembre-se de que uma propriedade custa bastante dinheiro e, na grande maioria das vezes, compromete as finanças de uma família por um longo período. Verifique sua disponibilidade de renda, analise sua estabilidade no emprego ou na renda alternativa que você recebe.

Caso suas finanças estejam seguras, o sinal é positivo para investimentos. Haja com cautela e evite tomar decisões precipitadas que podem gerar frustração.

Compare as taxas de financiamento

Para garantir a melhor aquisição, é essencial que você avalie sua realidade financeira e as formas de pagamento disponíveis no mercado.

Caso você não tenha todo o dinheiro do imóvel para quitá-lo, fique tranquilo e saiba que você faz parte da maioria esmagadora da população. Será necessário, entretanto, analisar as diferentes taxas de financiamento e as condições de cada instituição ou construtora.

É importante que você não analise só o valor das parcelas, mas também a taxa de juros e o valor final do imóvel. Esses números devem ser justos e condizentes com o que tem sido praticado no mercado.

As taxas de financiamento são os valores que você vai pagar para utilizar o dinheiro do crédito que a instituição está lhe oferecendo, ou seja, quanto maior a taxa, maior o valor final.

Por isso, para saber o momento certo para investimento imobiliário é importante avaliar todas as opções, evitando fechar negócio com o primeiro banco que aprovar seu cadastro.

Veja também o tempo de financiamento. Quanto mais parcelas, mais caro fica o imóvel. Mas mesmo assim, na grande maioria dos casos, o valor total pago pelo imóvel, incluindo taxas e juros é menor que o valor de mercado dele no momento da quitação, ou seja, você ganhou dinheiro.

Analise o cenário econômico

Quem quer realizar investimentos imobiliários procura rendimento em longo prazo, não é mesmo? Por isso, para saber qual a hora certa para isso, não deixe de avaliar o momento econômico do país e qual o panorama do mercado imobiliário.

O ano de 2018, por exemplo, tem tudo para ser promissor. A crise pela qual o Brasil passou nos últimos anos fez com que os compradores guardassem a carteira. O resultado disso foram proprietários reduzindo os valores e ansiosos para vender os imóveis.

Outra vantagem do momento é que a taxa Selic, o índice que avalia o momento do mercado, diminuiu para 7%, o que estimula bastante a economia e facilita os financiamentos de imóveis.

Investir em imóveis é uma forma segura e rentável de aplicar suas reservas financeiras e, de quebra, realizar sonhos.

E agora? Sente-se mais seguro para enveredar pelos caminhos do investimento imobiliário? Comece agora mesmo a procurar seu imóvel! Aproveite e leia nosso post sobre como escolher uma imobiliária e faça um bom negócio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *