Entenda os riscos das negociações imobiliárias sem um corretor de imóveis

Comprar ou alugar um imóvel direto com o proprietário pode parecer mais fácil, mas não é bem assim. Como a transação imobiliária é cheia de detalhes e cuidados que devem ser tomados, o mais seguro é que ela seja feita por intermédio de um corretor de imóveis e de uma imobiliária.

Esse é o profissional capacitado e treinado para conhecer as particularidades do mercado imobiliário e garantir que sua decisão seja segura e sem surpresas desagradáveis.

Para ajudar você a entender a importância da negociação com um corretor de imóveis, preparamos este post com os principais riscos das compras e locações feitas sem intermediários. Quer conhecê-los e garantir uma transação segura? Confira!

O contrato pode apresentar falhas

O contrato de venda ou locação de imóveis é o documento que assegura a você o devido respaldo jurídico. Por isso, a fim de tornar a transação segura, é importante que ele esteja claro, completo e que preveja as mais diversas situações.

Por mais que a internet, hoje, disponibilize diversos modelos de contratos, o ideal é que ele seja feito de acordo com a sua negociação e personalizado na medida em que você ou a outra parte solicita ajustes.

Já imaginou se, na hora de vender seu imóvel, você se esquece das cláusulas contratuais que preveem multas no caso de inadimplência? Você pode demorar meses para receber o valor da venda e, ainda, precisará entrar com ações judiciais.

Um corretor de imóveis sabe todos os detalhes necessários em um contrato e deixa você seguro a respeito de todos eles, como documentação do imóvel, entrega das chaves, índice de reajuste de aluguel, entre outras particularidades.

Você corre o risco de adquirir um imóvel superfaturado

Outro risco importante que você corre ao realizar uma transação imobiliária sem um corretor de imóveis é pagar mais do que deve, tanto na locação quanto na compra e venda.

Um profissional devidamente registrado pelo CRECI (Conselho Regional de Corretores de Imóveis) entende os valores praticados no mercado. Ele sabe o preço do metro quadrado por região e também entende quais particularidades de um imóvel podem aumentar e diminuir o montante.

Por mais que você realize pesquisas e procure conhecer o mercado imobiliário, somente um profissional pode garantir que você não vai pagar mais do que deve.

A documentação da propriedade pode ter problemas

A transação imobiliária é cheia de burocracia. Por isso, é muito comum que alguns detalhes da documentação sejam esquecidos ou não vistos como devem.

Um dos entraves mais comuns é a irregularidade no pagamento de impostos. Se o antigo dono não pagou todas as dívidas, elas, automaticamente, serão cobradas do novo proprietário.

Também é preciso tomar cuidado para não adquirir imóvel que seja peça de disputa por herança ou que tenha pendências judiciais. Além de isso atrasar a transferência do imóvel para o seu nome, você corre o risco de perder a propriedade futuramente.

Um corretor de imóveis já conhece todos esses riscos e só venderá caso ele esteja regularizado. Na pior das hipóteses, ele entende que é necessário um desconto se o comprador se interessar por pagar as pendências que possam existir.

Em resumo, é uma transação imobiliária que sempre valerá a pena e acontecerá de forma clara e transparente.

Ter a segurança de realizar sua compra, venda ou locação de imóveis por intermédio de um corretor é um dos fatores determinantes para que tudo saia conforme planejado. Por isso, antes de iniciar sua pesquisa, procure uma imobiliária de confiança e fique mais tranquilo.

Agora que você entendeu os riscos a que está sujeito caso não recorra a um corretor de imóveis, por que não segue a gente nas redes sociais? Lá tratamos de diversos assuntos ligados ao mercado imobiliário! Estamos no Facebook, LinkedIn e Twitter!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *