Comprar ou alugar imóvel: saiba o que é melhor para você

Muitas pessoas ficam na dúvida entre comprar ou alugar imóvel. Alguns creem que o aluguel significa dinheiro jogado fora. Entretanto, em alguns casos, é preciso avaliar a situação financeira e as taxas bancárias para ver se pagar à vista ou um financiamento compensa.

Se você está pensando em adquirir uma propriedade, mas ainda não tem certeza, esse post é para você. Vamos mostrar como pode analisar qual a melhor opção de acordo com a sua realidade.

Quer saber como tomar a decisão certa? Confira agora!.

O que preciso analisar antes de comprar ou alugar imóvel?

Para saber qual a melhor decisão a ser tomada, o ideal é que você reflita sobre o momento da sua vida e da sua carreira. Como a aquisição de um imóvel é uma compra que compromete o orçamento por muitos anos, o mais aconselhável é que você já tenha uma profissão estável.

Isso é indicado porque, em geral, é com a estabilidade que vem a renda fixa de um bom emprego.

Especialistas afirmam que as receitas de uma pessoa devem ser de, aproximadamente, três vezes o valor que ela gasta para morar. Então, pegue lápis e papel e veja sua disponibilidade.

Outra análise que deve ser feita é a respeito das suas reservas financeiras. Para financiar um imóvel de forma vantajosa, por exemplo, o ideal é oferecer, no mínimo, 20% do valor do imóvel como entrada, ou oportunidades em que você pode usar seu FGTS como entrada são extremamente aconselháveis. Isso diminui o preço das parcelas e pode deixar o tempo de parcelamento mais curto.

Também é importante que você planeje seu futuro. Quanto tempo você pretende viver no imóvel? Se sua resposta for inferior a três anos, convém permanecer no aluguel. Lembre-se, também, de que a compra de um imóvel implica custos com transferência e documentação.

Quais as principais vantagens em ficar no aluguel?

O aluguel pode ser bastante vantajoso, dependendo da sua realidade. Um dos pontos positivos da locação é você não precisar arcar com reformas (apenas manutenção), já que isso fica a cargo do proprietário do imóvel.

Também é uma modalidade de moradia bastante flexível. Isso pode ser especialmente benéfico para aqueles que precisam mudar de cidade por conta do emprego ou outros motivos.

Outro benefício é o valor: muitos aluguéis custam menos do que uma parcela de financiamento. Ou seja, o que sobra pode ser aplicado ou guardado em uma poupança.

Com o rendimento desse dinheiro, é possível que você compre seu imóvel à vista ou com uma parcela generosa na entrada.

Quais as principais vantagens em comprar um imóvel?

Imóvel é investimento, isso é inegável. Adquirir uma casa ou um apartamento aumenta seu patrimônio e oferece segurança para o futuro da sua família.

Para os que não precisam morar na propriedade adquirida, uma possibilidade é conseguir uma renda passiva com os aluguéis. Isso é extremamente vantajoso, porque você continua garantindo seu patrimônio, mas sem deixar o imóvel parado.

É possível, também, ter altos rendimentos por meio da revenda. Os imóveis têm uma valorização quase certa e, por isso, são os investimentos mais indicados.

Não se esqueça, também, de que um imóvel é uma forma de você guardar seu dinheiro. Ele estará lá, seguro e em forma de construção. Qualquer imprevisto que você tenha, basta vendê-lo.

Quais cálculos fazer para decidir?

Se você ainda não sabe qual opção é a melhor para você, faça as contas das taxas de juros dos financiamentos, do seu rendimento mensal, do valor das parcelas e do valor da locação do imóvel.

Depois disso, vislumbre a casa dos seus sonhos dentro das suas possibilidades: quanto ela vai custar? Você pode pagar esse valor? Qual o valor máximo que posso gastar com um imóvel?

Para que você visualize de forma mais eficaz, imagine que você sonha com uma casa de R$ 600 mil. Se essa quantia fosse aplicada, ela poderia render R$ 4,2 mil ao mês.

O aluguel de um imóvel no mesmo padrão custa menos? Então compensa economizar dinheiro e pagar uma locação mais em conta.

Sente-se mais seguro para tomar uma decisão tão importante para a sua vida? Agora que você já sabe quais análises devem ser feitas para decidir entre comprar ou alugar imóvel, compartilhe esse conteúdo nas suas redes sociais e informe outras pessoas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *